domingo, 8 de junho de 2008

Creatina e Aumento da Massa Magra - Como isso acontece?

A creatina é um constituinte dietético natural, provinda de alimentos de origem animal, mas também pode ser produzida pelo fígado, pâncreas e rins a partir dos aminoácidos arginina, glicina e metionina. A maior parte da creatina é armazenada no músculo esquelético como creatina livre e creatina fosfato, um fosfagênio de alta energia importante em exercícios muito intensos (Williams et al., 2000).

A necessidade de creatina gira em torno de dois gramas ao dia, sendo que o organismo produz uma parte dessa quantia, e a outra é adquirida através da dieta, sendo que os principais alimentos que contêm o nutriente são as carnes e os peixes.


Muitas pesquisas têm sido publicadas nos últimos anos investigando os efeitos que a suplementação de creatina exerce sobre o organismo, quando a ingestão do nutriente é aumentada em até vinte vezes. Assim, a creatina se tornou um suplemento extremamente popular, e pode ser considerado o mais estudado até hoje. A maioria das pesquisas relaciona o uso da creatina no desempenho físico e na composição corporal, principalmente no ganho de massa magra. Assim, esse artigo tem como objetivo analisar a resposta da suplementação de creatina a curto e a longo prazo na composição corporal, através de artigos científicos que estudaram esse tema.

1 Suplementação de Creatina a Curto Prazo

Em pesquisa publicada em 1998, Ziegenfuss et al. (citado por Williams et al, 2000) estudaram a influência da suplementação de creatina por 5 dias (0,35 gramas/kg de peso corporal/dia) em homens onívoros e sedentários. A amostra foi constituída por 13 indivíduos, e houve aumento de 1,8% na massa corporal. Após a interrupção do protocolo, o efeito ainda teve duração de 28 dias.

Já em indivíduos com experiência no treinamento de força, a suplementação de 25 gramas de creatina por 7 dias, em 13 homens, elevou a massa corporal em 1,4 kg. Vale ressaltar que não houve mudança na ingestão calórica, que foi controlada no estudo. Ainda, não houve mudanças nas 7 dobras cutâneas avaliadas (Volek et al., 1997).


Sabe-se que a creatina é uma substância osmoticamente ativa. Sendo assim, quando há aumento do conteúdo intracelular do peptídeo, é provocado um influxo de água para dentro da célula, aumentando a água intracelular e, consequentemente, a massa corporal. Talvez esse seja o motivo principal do aumento na massa corporal total, quando analisamos estudos de curta duração, como os citados anteriormente. Hultman et al. (1996mostraram que a suplementação com creatina reduziu de forma significativa o volume urinário em 0,6 litros durante os primeiros dias da utilização do nutriente. Isso indica que a massa corporal aumentada é provavelmente atribuída à retenção de água.

Nesse mesmo caminho, Ziegenfuss et al. (1998b) relataram um aumento de 2% na água corporal total e 3% na água intracelular, sem nenhuma mudança na água extracelular, após suplementação de 0,35 gramas/kg de massa magra/dia de creatina, durante 3 dias.
Assim, os ganhos na massa corporal advindos da suplementação de creatina a curto prazo são causados principalmente pela retenção de líquidos, e não pelo aumento de tecido contrátil.

2 Suplementação de Creatina a Longo Prazo

Em 1999, Volek et al. avaliaram o efeito da suplementação de creatina (25g/dia por 7 dias; 5g/dia por 11 semanas) sobre a massa e a composição corporal em 19 homens treinados em força, submetidos ao treinamento de musculação periodizada de 3 a 4 vezes por semana durante 12 semanas. Biópsias musculares foram realizadas antes, após 1 semana e após 12 semanas do programa de treinamento para avaliar mudanças nas fibras musculares. Após 1 semana, a massa corporal (de 82,1 kg para 83,8 kg) e a muscular isenta de gordura (de 68,7 Kg para 70,2 Kg) estavam significativamente elevadas no grupo creatina, mas não no grupo placebo. Após 12 semanas, ambos os grupos aumentaram a massa corporal (creatina, de 82,1 Kg para 87,3 Kg; placebo, 82,9 para 85,9 Kg) e massa isenta de gordura (creatina, 68,7 Kg para 73,0 Kg; placebo, 68,6 kg para 70,7 kg), mas os aumentos foram significativamente maiores nos indivíduos do grupo creatina. Ainda, o grupo suplementado com creatina demonstrou aumentos significativamente maiores na área de secção transversa das fibras do tipo I (35% vs 11%), IIa (36% vs 15%) e IIb (35% vs 6%) em relação ao grupo placebo após 12 semanas.


Em estudo recente, Cribb et al. (2007) verificaram aumento médio de 4,3 kg de massa magra no grupo que utilizou creatina + carboidrato, enquanto que o grupo que suplementou apenas com carboidrato teve aumento de 0,7 kg. Neste estudo, a suplementação durou 11 semanas, e também foi associada com musculação.


Alguns autores, como Volek e Kraemer (1996), sugerem que esse ganho na massa magra possa ser por aumento da síntese protéica, e não apenas pela retenção hídrica (fenômeno que ocorre nos protocolos curtos de suplementação).


No entanto, Olsen et al. (2006) publicaram o primeiro estudo demonstrando que a suplementação de creatina aliada ao treinamento de musculação aumentou a resposta produzida somente pelo treino, em relação ao número de células satélites e mionúcleos em humanos. Ainda, existem evidências que sugerem que a suplementação da creatina pode estimular a proliferação de células satélites in vitro (Vierck et al. 2003, Dangott et al. 2000), fato que pode explicar os achados de Olsen et al. (2006). Segundo os autores, esses efeitos podem ser mediados, pelo menos em parte, pela indução facilitada através da creatina do fator de regulação miogênica.


Para entender a importância das células satélites no processo de hipertrofia muscular, quando irradiação gama foi utilizada para tornar inativas essas células em ratos, o músculo demonstrou uma capacidade de crescimento limitada (Barton-Davis et al., 1999), e Sinha-Hikim et al. (2003) encontraram correlação direta entre a quantidade de testosterona (esteróide anabólico androgênico) administrada e o número de células satélites, sendo que o aumento dessas células pode induzir a novos núcleos e conseqüentemente a uma melhora da hipertrofia muscular, já que os núcleos da fibra muscular adulta não têm capacidade de realizar mitose e sua multiplicação parece ser dependente da fusão das células satélites (Antonio e Gonyea, 1993).


Então, é importante entender que a célula muscular é multinucleada, e cada mionúcleo regula um volume particular do citoplasma. Assim, pode-se chamar de domínio mionuclear a razão entre o número de mionúcleos e a área de secção transversa da fibra muscular (Allen et al, 1999). Ainda, a origem de novos mionúcleos se dá a partir das células satélites. Conforme Kadi et al. (2004b) mostraram, a musculação pode aumentar a proporção de células satélites e o número de mionúcleos nos músculos treinados, sugerindo que este mecanismo é um importante fator na hipertrofia muscular, e assegurando que o domínio mionuclear permaneça constante (Allen et al., 1999). Entretanto, esse aumento no número relativo de células satélites gira em torno de 19-31% em resposta ao treinamento de musculação sem creatina (Kadi et al., 2004). Já no estudo de Olsen et al. (2006), onde foi avaliada a resposta da musculação mais a suplementação de creatina, o aumento foi de 99%, e no grupo que fez apenas musculação esse aumento foi de 44%. Neste estudo foi demonstrado, pela primeira vez, que a suplementação de creatina mais a musculação induzem a ganhos superiores no número de células satélites e mionúcleos. Isso sugere uma contribuição aumentada dos mionúcleos derivados das células satélites nas fibras musculares, que se espera que induzam a um aumento na capacidade de transcrição do RNA mensageiro e, por meio disso, se elevem as taxas de síntese de proteína miofibrilar (Kadi, 2000).

Ainda no estudo de Olsen et al. (2006) foi demonstrada correlação positiva entre o aumento na área da fibra muscular e o número de mionúcleos dos valores iniciais para a décima sexta semana, no grupo que utilizou a creatina. Este achado mostra que o domínio mionuclear permanece constante durante o processo de hipertrofia da fibra, quando o treinamento é suplementado com creatina. No entanto, o conteúdo de células satélites não permaneceu elevado na última semana do estudo no grupo musculação + creatina, sugerindo que a suplementação acelera a incorporação de mionúcleos derivados das células satélites para o crescimento das fibras musculares, estabelecendo um domínio mionuclear apropriado mais cedo que nos outros grupos de treino (musculação + carboidrato; musculação + proteína). Olsen et al (2006) também mostraram que o aumento no número de células satélites, mionúcleos e área da fibra muscular suporta a teoria da creatina como ativadora da atividade miogênica das células satélites, que desse modo adiciona núcleos e potencializa o efeito induzido pela musculação no aumento da massa muscular.

Considerações finais

Então, como dito anteriormente, a creatina é uma substância osmoticamente ativa, e o aumento na quantidade de água intracelular, juntamente com o conteúdo de glicogênio aumentado pode ser um estímulo anabólico na síntese de proteínas, além de ser o motivo pelo qual responde o aumento de peso advindo dos protocolos de curta suplementação, e isso pode estimular a proliferação e a fusão de células satélites a longo prazo.


Enfim, é possível observar que o número de células satélites e mionúcleos pode ser maior quando se associa o treinamento de musculação com a suplementação de creatina, em relação ao treinamento isolado. Esse fator pode potencializar a resposta hipertrófica da fibra muscular, sendo uma das explicações para o aumento da massa muscular após a suplementação de creatina nos protocolos de longo prazo. Mas também é importante ressaltar que este efeito miogênico da elevada concentração de creatina provavelmente tem conexão com o treinamento de musculação, já que esta atividade miogênica não foi demonstrada quando havia suplementação sem treinamento (Dangott et al 2000). No entanto, é importante salientar que qualquer suplemento alimentar deve ser prescrito por nutricionista habilitado.

Referências

Allen DL, Roy RR, Edgerton VR. Myonuclear domains in muscle adaptation and disease. Muscle Nerve. 1999 Oct;22(10):1350-60.
Antonio J, Gonyea WJ. Skeletal muscle fiber hyperplasia. Med Sci Sports Exerc. 1993 Dec;25(12):1333-45.
Barton-Davis ER, Shoturma DI, Sweeney HL. Contribution of satellite cells to IGF-I induced hypertrophy of skeletal muscle. Acta Physiol Scand. 1999 Dec;167(4):301-5.

Brose A, Parise G, Tarnopolsky MA. Creatine supplementation enhances isometric strength and body composition improvements following strength exercise training in older adults. J. Gerontol. A Biol. Sci. Med. Sci. 2003 Jan;58(1):11-9.

Cribb PJ, Williams AD, Stathis CG, Carey MF, Hayes A. Effects of whey isolate, creatine, and resistance training on muscle hypertrophy. Med Sci Sports Exerc. 2007 Feb;39(2):298-307.

Dangott B, Schultz E, Mozdiziak PE. Dietary creatine monohydrate supplementation increases satellite cell mitotic activity during compensatory hypertrophy. Int J Sports Med. 2000 Jan;21(1):13-6.

Kadi F. Adaptation of human skeletal muscle to training and anabolic steroids. Acta Physiol Scand Suppl. 2000 Jan;646:1-52.

Kadi F, Schjerling P, Andersen LL, Charifi N, Madsen JL, Christensen LR, Andersen JL. The effects of heavy resistance training and detraining on satellite cells in human skeletal muscles. J. Physiol. 2004 Aug 1;558(Pt 3):1005-12.

Olsen S, Aagaard P, Kadi F, Tufekovic G, Verney J, Olesen J, Suetta C, Kjaer M. Creatine supplementation augments the increase in satellite cell and myonuclei number in human skeletal muscle induced by strength training. J. Physiol. 2006 Jun 1;573(Pt 2):525-34.

Sinha-Hikim I, Roth SM, Lee MI, Bhasin S. Testosterone-induced muscle hypertrophy is associated with an increase in satellite cell number in healthy, young men. Am. J. Physiol. Endocrinol. Metab. 2003 Jul;285(1):E197-205.

Vierck JL, Icenoggle DL, Bucci L, Dodson MV. The effects of ergogenic compounds on myogenic satellite cells. Med Sci Sports Exerc. 2003 May;35(5):769-76.

Volek JS; Duncan ND; Mazzetti SA; Staron RS; Putukian M; Gómez AL; Pearson D R; Fink WJ; Kraemer WJ. Performance and muscle fiber adaptations to creatine supplementation and heavy resistance training. Med Sci Sports Exerc. 1999 Aug;31(8):1147-56.

Kraemer WJ, Volek JS. Creatine supplementation. Its role in human performance. Clin Sports Med. 1999 Jul;18(3):651-66.

Williams MH, Kreider RB, Branch JD. Creatina. Manole. 1.ed., 2000.

Ziegenfuss TN, Lowery LM, Lemon PWR. Acute fluid volume changes in men during three days of creatine supplementation. J Exerc Physiol on line. 1998 1(3):1-9, disponível em .

29 comentários:

Anônimo disse...

Dae Professor, estamos aguardando novos estudos e artigos. abraço.
tonietto

Marcela disse...

Muiito interessante e completa esta informação. Gostei do Blog gostaria de linkar ao meu. Posso?
beijos! Até a próxima!

doc disse...

Quer um comentário...

1) "Testosterona é um esteróide anabólico androgênico"

Não, não! É apenas um esteróide androgênico, e basta.

2) "conteúdo de glicogênio aumentado pode ser um estímulo anabólico na síntese de proteínas"

Para com isso..."estímulo anabólico" que porcaria é essa ?

Que fique claro que não existe essa de estímulo anabólico. Problema de conceitos.

Anabolismo é balanço nitrogenado positivo e só. No caso do balanço ser negativo temos o catabolismo.

Não existe estímulo anabólico. Ana/catabolismo é um estado não um estímulo tão pouco uma droga.


abraços

Anônimo disse...

tire uma dúvida, estou em dieta a 2 meses, tô bem seco com abdomem rasgado , se eu usar a creatina perderei essa definição?
no caso dela me "inchar", seria só dentro do musculo,e poderia ficar com minha definição e com músculos maiores?
dizem que a creatina da volume muscular sem ficar roliço, e verdade??
tenho medo de ciclar com creatina e perder a definição??
se eu tomar e manter minha dieta, ficarei melhor, maior e mais definido ou não??
um forte abraço...

Anônimo disse...

fala william , sou marcelo e acabei de fazer uma pergunta a respeito da creatina ( esse último comentário aqui em cima), me de uma ajuda porfavor, se vc puder me responder pelo meu email, te agradeço d+ , pois vc me parece um cara que entende do assunto!
meu email é : marcelo-ferreira-sil@ig.com.br
um abração william e td de bom!!!!

Anônimo disse...

Muito bom o artigo!
Excelente qualidade!

Parabéns!

Anônimo disse...

Willian, Qual o tempo maximo em uso de cretina. E se eu tomá-lo, tenho que misturar com um liquido ou suplemento coisa to tipo?
Se voce responder pra esse e-mail: lucaslm8@hotmail.com , agradeço muito.

Obrigado e parabens pelos estudos sobre o assunto.

Anônimo disse...

Hello to еvеry one, the соntentѕ present at this
ωеb page are really amazing for peοple knowledgе, well, keep up the good work fellows.


Feel free to visit my site; Teilen.dyden.de
Also see my website > http://wearepsychics.com/RomanHagge

Anônimo disse...

Wow that wаs unusuаl. I just wrote an very long cоmment but
аfter I cliсkeԁ submit my comment
ԁidn't show up. Grrrr... well I'm not ωritіng
all thаt over again. Αnywayѕ, juѕt ωanteԁ to saу grеat blog!


my web pagе: Prweb.Com
My web page :: buy silk'n sensepil

Anônimo disse...

What's up, constantly i used to check webpage posts here early in the break of day, because i enjoy to find out more and more.

Here is my website zac-efron-news.blogspot.com
My web site > Sfgate.Com

Anônimo disse...

Simply ωіsh to say your aгticlе is as aѕtonishing.

Thе cleaгness in your poѕt is simply nice and i could
assume you arе an еxρегt оn this ѕubjeсt.
Fine with your permіssion let me to grab your RSS feed tο keep up to date with forthcoming post.
Thanκs a million and plеase carrу οn thе grаtifying wοrk.


Stop by my website: V2 Cigs Reviews

Anônimo disse...

Oh my goodnеss! Ιnсredible агticle dude!
Thank you so much, Hοwеνer І am experiencing difficultіeѕ with yоur RSS.
I ԁon't understand the reason why I can't ѕubsсгіbe tо it.
Is there anybodу elsе having iԁentіcal RSЅ iѕsuеs?
Anybody who knοws thе solutіοn wіll уou kinԁlу respond?

Thanks!!

Mу wеbpagе; Http://Www.Sfgate.Com/Business/Prweb/Article/V2-Cigs-Review-Authentic-Smoking-Experience-Or-4075176.Php

Anônimo disse...

I гead thіs article cοmpletеlу about thе comρaгіsоn of hotteѕt and earliег technolοgies, it's awesome article.

Feel free to visit my web site - http://www.sfgate.com

Anônimo disse...

What's up mates, how is everything, and what you want to say about this post, in my view its genuinely amazing for me.

my homepage ... Click Through The Following Post

Anônimo disse...

I go to see еaсh day a few ѕіteѕ
anԁ blogѕ tο reаd роѕts, but
this weblog offerѕ quality based ρosts.


Taκe а look at mу ωeb site; http://www.xfire.com

Anônimo disse...

Great web site. Lots of helpful info here. I'm sending it to a few friends ans also sharing in delicious. And naturally, thank you in your effort!

Also visit my web-site :: Spazio Kovan

Anônimo disse...

My partner and Ι genuinеly liκe thesе еlectronіс
cigarettеs

Take a look at my weblog - green smoke promo code

Anônimo disse...

Hi there, I enjoy reading through your article post.
I wanted to write a little comment to support you.

my blog - este perfil

Anônimo disse...

I am truly thаnkful to the owner of this website who has shared thіs greаt аrticlе at
here.

Visit my blоg pоst - similar web-site

Anônimo disse...

Moles are typically harmless but can be perplexed with some types of
skin cancers. A lot of therapeutic creams include calcium
milk powder.

Feel free to visit my webpage: does dermatend actually work

Anônimo disse...

Greetings! Very helpful advice in this particular post!
It is the little changes that make the largest changes.
Thanks a lot for sharing!

Feel free to surf to my blog post - garden

Anônimo disse...

It’ѕ veгy simple to fіnd out аny mattег οn ωеb as
cοmpareԁ to bоoks, аs I founԁ
thiѕ post
at this ωeb ѕite.

Alѕo visit my weblog: огganiс ρotting soil (s366518602.online.de)

Anônimo disse...

Good day! I just would like to offer you a huge thumbs up for yоur eхcellеnt
іnfo you’vе got herе on thіs post.
I’ll be returning to your blоg for mοre
sοon.

Alsο visit mу web site :: pilates core training

Anônimo disse...

Someone essentially help to make significantly posts I’d state.
This is the first time I frequented your website page and
to this point? I surprised with the research you made to make this actual submit incredible.
Wonderful activity!

Also visit my site :: what is going green (http://crackedsteam.com)

Anônimo disse...

І want to геаd
even mοre іsѕuеs approхіmately it!


My рage ... weight loss

Anônimo disse...

І rеally likе it whеn individuals get together
anԁ share vіewѕ.

my blog; medicine ball core workouts

Anônimo disse...

Everything is verу opеn with
a really clear clarificatiοn of the challenges.
It was definitelу informаtivе. Your site
is useful. Thanks for shaгіng!

My wеb blog - losing weight :: pen.pigironchef.com :
:

Victor H. disse...

Estou malhando a 2 meses, e com uma dieta bem elaborada , gostaria de saber : se eu tomar creatina além do aumento muscular , eu poderei ´´alcançar de certa forma`` um corpo mais definido ??

Agradeço desde já !!!

Abraços,

Victor H. disse...

Estou malhando a 2 meses, e com uma dieta bem elaborada , gostaria de saber : se eu tomar creatina além do aumento muscular , eu poderei ´´alcançar de certa forma`` um corpo mais definido ??

Agradeço desde já !!!

Abraços,